10.8.17

A bandalheira continua…




Esta noite, após a indiscutível vitória do Benfica sobre os brácaros no Estádio da Luz, aguardei com alguma curiosidade pelas conferências de imprensa de Abel, treinador do Braga e de Rui Vitória, técnico da nossa equipa.

Sintonizei a SIC Notícias e como o meu aparelho de TV possibilita a visualização em simultâneo de duas imagens de duas estações diferentes, fixei a SIC N com som e a TBI 24, alternando a audição de cada uma delas de acordo com a minha preferência em relação aos diversos palradores.

Ora bem. Se por um lado na TBI 24 a coisa lá vai andando ao pé-coxinho, com um grupo de papalvos do qual o Pedro Sousa lagarto vai comendo os outros de cebolada, já na SIC N continua a bandalheira mal cheirosa, agora protagonizada com um novo imbecil cuja cabeleira de algodão não engana. Um lagartinóide anti-Benfica, verrinoso e a arrotar constantemente um deplorável azedume desde as orelhas até às unhas dos pés. Gomes das Silva podia e devia arriar-lhe forte e feio pelas constantes picardias e canalhices que vomita de cada vez que ele abre a cloaca.

Paulo Garcia continua com a sua ronha a conduzir o programa como bem quer e lhe apetece. Absolutamente vergonhoso e ordinário.

Mas não contentes com este despautério ainda apareceu o acrobata fruteiro que pendurando-se num arame à Chico “Canelas” continuou a tecer as maiores bacoradas no programa mantendo o seu baixo nível. Aguiar continua igual a si próprio e nada melhor do que um fóssil dos tempos do Apito Dourado como ele, para tecer os comentários mais apalermados sobre o jogo entre o Benfica e o Braga. Não esqueçamos que este “impoluto” também visitou o papa João Paulo II integrando a comitiva onde a alternadeira do Calor da Noite foi recebida pela Cúria Papal como sobrinha/afilhada do papaputas do peido.

O vídeo-árbitro, para esta gajada azul/verde merda, só vale quando defende o adversário do Benfica, mas quando a verdade desportiva mostrou os fora-de-jogo que motivaram a anulação de dois golos aos brácaros, aí, estas asquerosas eminências futeboleiras vieram com a treta de que o fora-de-jogo tinha sido ténue.
Ora vão-se encher de moscas, Aguiares & Andrades!

A bandalheira vai continuar. Os imbecis vão continuar a vociferar contra tudo o que é Benfica. Até o VAR terá de ser anti-Benfica. Mas falar do “esquecimento” do VAR, Fábio Veríssimo ao ter passado uma esponja ao agarrão a Jardel dentro da gerande-área, mesmo a acabar a 1ª parte, “tá queto” que nem vale a pena falar nisso. Mas o mais incrível é como aquele imbecil do cabeça de algodão do lagartêdo tem o descaramento de dizer que ninguém estava a agarrar o Jardel e o fóssil azul e bronco que por lá deambula a chupar uma catefrada de euros alinha pelo mesmo diapasão.

Gomes da Silva tem a obrigação de parar com aquela bandalheira e com o achincalho recorrente de dois canalhas que não param na ofensa a tudo o que é Benfica, desde Eliseu a Jardel ou desde Rui Vitória a Luisão.

Ponham mão nesta merda, porque isto para lá de meter um asco a nível de esgoto, já começa criar uma revolta na maioria dos Benfiquistas. E aí, se alguém tiver que levar, que os Benfiquistas não tenham contemplações nem piedade!



GRÃO VASCO






Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...